quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Amor... Amor... Amor...

Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o címbalo que retine.

E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria. E ainda que distribuísse todos os meus bens para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.

O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não se vangloria, não se ensoberbece, não se porta inconvenientemente, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não suspeita mal; não se regozija com a injustiça, mas se regozija com a verdade; sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

O amor jamais acaba; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá; porque, em parte conhecemos, e em parte profetizamos; mas, quando vier o que é perfeito, então o que é em parte será aniquilado. (I Co 13:1-10)

Será que esse amor ainda existe? Espero um dia encontrá-lo...

[chocolate plz!]

3 comentários:

Polêmica disse...

O amor não é interesseiro, não é ciumento, ele é incondicional e sabe perdoar, resumindo: O amor é dom de Deus!


Beijinhos!!!

Rafael Daniel disse...

Querido amigo com certeza esse amor existe e esse amor jamais termina, todo amor vem de DEus, e devemos estar mais próximo DEle para sentirmos, demonstramos e recebermos esse amor.Faça um exercicio, sabe este capitulo substitua a palavra amor para seu nome e veja se vc eh como ele, se não é, tente ser, peça q Deus lhe ajude a ser como o amor, peça que Deus lhe ajude a ser como Jesus
Fique na paz
Rafael Daniel
http://emtuapresenca.blogspot.com

P.S: Se sentir no coração visite meu blog gostaria muito de ter sua visita lá.

Pr. Raphael Melo disse...

O amor é a maior arma da igreja!

Site da Igreja Apostólica Palavra Viva - Jesus-evangelho